A postura profissional e ética dentro de uma empresa é fundamental para garantir um ambiente harmonioso e dentro dos padrões de uma organização. Algumas situações, como o assédio moral e condutas antiéticas, podem ser denunciadas de forma confidencial, protegendo a empresa de processos judiciais e prejuízos financeiros e garantindo um ambiente adequado de trabalho para os colaboradores. A startup Ouvidor Digital desenvolveu uma plataforma que pode ser usada pelas empresas para receber denúncias de forma anônima de seus funcionários, colaboradores, prestadores de serviços e pessoas ligadas à empresa. A solução de startup pode ser preparada para funcionar no s canais da Web, WhatsApp e pelo telefone.

A solução do Ouvidor Digital permite que a denúncia seja feita em um formulário simples e rápido que é encaminhado para uma Comissão de Ética da empresa. Por meio do canal, o denunciante também pode anexar provas, como fotos ou vídeos. Todas as denúncias são checadas e apuradas para a tomada de decisão.

“Temos clientes de pequeno a grande porte, em diversos segmentos como: software/TI, prestação de serviços, indústria, comércio, associações e terceiro setor. Conseguimos contribuir para que as empresas ajustem as suas condutas ou que criem um novo manual para que todos os colaboradores, prestadores de serviços e clientes percebam que a empresa atua de forma justa e ética”, revela o CMO do Ouvidor Digital, Daniel Dabés.

De acordo com Dabés,nos últimos meses o Ouvidor Digital tem sido demandado por profissionais da área de recursos humanos (RH), que querem utilizar a plataforma dentro das empresas. “É uma maneira que os gestores têm para saber se existe assédio ou se acontece algo em que o colaborador queira falar. É uma forma de estreitar o relacionamento, reter talentos e evitar a rotatividade dentro das empresas.”, completa ele.

O assédio moral ou sexual sofrido pelos funcionários, dentro das organizações por chefes diretos ou por alguém que esteja ocupando algum cargo superior prejudica o seu desenvolvimento. Uma pesquisa feita pelo site vagas. com, aponta 39,6% dos profissionais que sofreram algum tipo de assédio, teve o seu desempenho profissional prejudicado. Já 52% das pessoas entrevistadas sofreram algum tipo de assédio e que 87,5% nunca denunciaram.

As pessoas ouvidas, 47,3% delas já sofreram assédio moral, que se caracteriza por agressões verbais, chacotas ou gritos. Outro dado importante é sobre o assédio sexual, nessa pesquisa 79,9% das mulheres, disse já terem sido cantadas, propostas indecorosas, olhares ou comportamentos abusivos. De acordo com o CMO do Ouvidor Digital, Daniel Díbes, com a plataforma os colaboradores conseguem denunciar sobre situações como essas ou outras que muitas vezes passam despercebidos pelos gestores que não tomam conhecimento dos diversos tipos de assédios que acontecem dentro de suas organizações.

Para facilitar que as denúncias cheguem de maneira eficaz para o comitê das empresas que recebem as denúncias, o Ouvidor Digital tem um atendimento diferenciado com profissionais capacitados para facilitar o uso da ferramenta. A startup oferece uma campanha completa de endomarketing, com banners, vídeos, treinamentos e outros materiais de acordo com cada cliente. O apoio é constante e a cada seis meses, a startup faz uma pesquisa, utilizando uma metodologia NPS (Net Promoter Score), que é usada para avaliar e orientar na tomada de decisões sobre a satisfação do cliente.

Pode te interessar

Assédio moral no ambiente de trabalho é crime

Como prevenir assédios morais e sexuais no ambiente de trabalho?

Assédio sexual no trabalho é uma realidade que precisa ser combatida