De acordo com a E-Consulting Corp, os serviços tradicionais de contact center, como SAC, televendas e recuperação de crédito ou cobrança, devem apresentar queda de desempenho neste ano. A estimativa é de R$ 6,21 bilhões em 2018, ante R$ 6,43 em 2017 (-3,4%). Ante esse cenário, a AlmavivA do Brasil apresenta qualidades financeiras, tecnológicas e expertise para continuar seu crescimento no País.

A companhia é uma das que mais se desenvolveram no segmento de contact center, customer relationship management (CRM) e trade marketing do País. Entre 2006 e 2018, conquistou crescimento de R$ 3,5 milhões para R$ 1 bilhão de faturamento. E mais: atingiu a marca de 30 mil funcionários, tornando-se o maior empregador dentro do grupo italiano AlmavivA fora da Europa.

Para Roberto Ribeiro, diretor de Novos Negócios e de Marketing, essa operação possibilitou quitar débitos com bancos brasileiros e trouxe solidez econômica para oportunidades de M&A no Brasil. “Aliado a esse fator, temos a expertise consolidada na área de BPO e contact center, porque atendemos uma carteira de clientes nacionais e multinacionais de segmentos variados”, ressalta.

Semântica e Big Data – Ribeiro afirma também que os laboratórios de tecnologia da companhia em Minas Gerais oferecem outro diferencial, já que segundo também a E-Consulting Corp os serviços digitais devem receber incremento de R$ 500 milhões neste ano. “Temos tecnologias integradas com o motor semântico e os algoritmos de big data que atendem completamente às exigências dos clientes, oferecendo uma nova visão de customer experience”, explica.

Além das competências para permanecer em ascensão ante o cenário, a AlmavivA do Brasil deve ampliar sua atuação e investir no mercado nacional de trade marketing por meio do seu modelo de soluções voltadas para serviços “presenciais”, baseadas nos multicanais de comunicação com os clientes.

Outras notícias

AlmavivA do Brasil torna-se a maior empregadora do grupo italiano

Em dez anos, AlmavivA se torna a terceiria maior do país

AlmavivA reforça equipe de vendas e novos negócios